Seja Bem-Vindo

Seja Bem-Vindo

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Do Tempo




Conjugados
tantos tempos
muita vida
escorreu

pelos dedos

Vida plena
em cada dia
(num dia apenas)
é possível

viver?


(Imagem: óleo de Marlene Edir)
Novembro, 15 de 2011

8 comentários:

  1. Belo, suave e singelo!
    E num dia tento viver tudo que viviria um ano inteiro, pois o deia seguinte a DEUS pertence, então, vivamos o maximo em um dia...Bjin e fique bem!

    ResponderExcluir
  2. Um poema questionador e um óleo impecável. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  3. [haja a alma, o corpo do nosso dia para o percorrer,

    todos os dias num só dia, todos os instantes, tantos]

    um imenso abraço, Marlene

    LB

    ResponderExcluir
  4. Viver?

    Por vezes num vagaroso instante

    ResponderExcluir
  5. Sobreviver, suspeito que sim...

    Beijo, querida!

    ResponderExcluir
  6. vive-se cada instante. guarda-se o vivido. e quem tem o dom, coloca-os em versos, como os teus.

    beijo, amiga.

    ResponderExcluir
  7. as borboletas vivem um dia apenas, e os poetas vivem eternamente nas crisálidas.

    ResponderExcluir
  8. tanta vida a escorrer pelo tempo; e o tempo que se esconde nos labirintos da vida?!...
    lindo, querida marlene!

    ResponderExcluir