Seja Bem-Vindo

Seja Bem-Vindo

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Crescente Num Abril, Quase Cheia



Deslizam as estações
pela janela
emoldurada lua
circulada em luz,
envolta de estranho brilho,
suavidade de imagem esboçada
leve sorriso traçado
um nome

em inconclusos poemas
esconde-se,
rabiscados pedaços
de papel sobre a mesa

imensidão de palavras
escritas
avulsas linhas,

esqueço-me
entre nuvens num céu de abril
e a alma enxertada de palavras

em mudo diálogo
de vento.

Invisíveis sinais.


(Imagem:Aquarela de Marlene Edir Severino)
Abril, 15 de 2011

6 comentários:

  1. Lindo! Invisíveis mais sensíveis, amáveis e lindos.
    Boa noite!
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  2. Marlene querida

    Feliz daquele que sabe "ler" estes Invisíveis sinais... aqui reside toda a diferença entre simplesmente viver a vida ou verdadeiramente sentí-la!



    A aquarela casou perfeitamente com o texto sob as bençãos do céu de Abril! Liiiiindo sempre.

    Bjão carinhoso pra ti

    ResponderExcluir
  3. [do toque na distância, que se materializa na tinta que percorre o corpo, que se ajeita no coração, e permanece]

    Esse imenso abraço, Marlene

    Leonardo B.

    ResponderExcluir
  4. sol em gema
    geme ensolarado
    breu
    entre meus olhos
    como irís
    globalizadas
    desse tesouro
    desse ourio
    desse solar
    desse lar!

    Que lindo, Querida.
    Meu carinho e admiração.
    Samara Bassi

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente maravilhoso....Parabéns.

    Muito sucesso.

    ResponderExcluir
  6. Não importa o dia ou o mês do ano
    que você se encontre,
    importa sim, que no seu coração
    a Páscoa sempre se faça presente,
    e que você possa renovar sempre
    o seu amor com aqueles que
    necessitam
    de uma palavra de conforto nas horas
    difíceis,
    que você torne-se um farol de luz
    a iluminar as trevas
    e caminhe com seu irmão ao encontro
    de Jesus!
    Bjs com carinho

    ResponderExcluir